Curiosidades de Salvador

Salvador, terceira maior capital brasileira (com quase 3 milhões de habitantes, só perde para São Paulo e Rio), primeira capital do Brasil, cidade com maior população de origem africana fora da África, onde mais de 80% da população é de negros e mulatos (e só 18% é branca)... 

...vende Piriguete na beira da praia
Calma, não se assustem, ainda não estão vendendo mulheres de mini-saia por aqui não... "piriguete" é o nome carinhoso dado pelos soteropolitanos àquela latinha pequena da Skol (aquela de 200 e poucos ml)... ela é piriguete porque é facinha: gela rapidinho, não esquenta na mão e vende fácil, fácil... os ambulantes adoram!
Ah, e é claro que a Schin não podia ficar pra trás... começou a vender uma garrafinha pequena... que ganhou o apelido de "putinha"!

...não respeita direitos autorais
Alguém sabe de quem é a música da Bicicletinha, hit do verão 2010? E a do "Vou não, quero não", que eu apresentei em outro post... de onde surgiu? Pois é, os hits do verão daqui não tem dono... todo mundo canta as músicas de todo mundo! Ivete Sangalo cantou no seu show a música da Chupeta (ah, essa eu não tinha apresentado ainda... vejam o vídeo, pra ver que horror!), o arrastão do Psirico teve a do Superman (que é de um grupo chamado Leva Nois) e tem algumas músicas que, quando procurei na internet, achei sob a autoria de diferentes cantores... vai saber de quem é realmente!
O que importa aqui é que as músicas fazem sucesso, agitam a galera e animam a festa... não importa quem escreveu ou cantou primeiro!

...não aplaude
Taí uma coisa que eu acho muito estranha: baiano não bate palma!! Fui em vários shows já... e só quem aplaude os artistas no final de cada música são os gringos (me incluindo aí)! 
Olodum toca, faz altos malabarismos com os tambores... e o povo nem tchum! Ivete canta, agita a galera, faz todo mundo acompanhar a música com palmas (sim, isso eles fazem)... e quando termina de cantar, nada!
Claro que aqueles que pedem "quem gostou bate palma" até arrancam uns aplausos da galera... e às vezes no final do show o pessoal também aplaude... mas entre uma música e outra, não!
Já perguntei o porquê... e a resposta mais recorrente foi de que baiano não vai pra show pra ouvir a música... então eles nem se dão conta do que tá acontecendo e não notam que o cara já parou de tocar...

..."come água", mas também chama "pão francês" de "cacetinho"
As expressões... adoro sotaques e a forma de se expressar em cada canto do nosso país! Ainda não consigo montar um dicionário de baianês, mas algumas das minhas preferidas:
"Goguento" - é a sensação que tu fica no corpo depois de um dia inteiro suando... com maresia, areia, suor, tudo misturado... deu pra entender? ;)
"Malemolência" - já viu um baiano dançando? pronto! já entendeu o que é a "malemolência" baiana!
"Oxe" ou "oxi" - forma curta do "oxente", essa serve nas mais diversas situações... é a interjeição mais usada por aqui... conte a um baiano algo que te aconteceu e a resposta será "oxe"... (é o equivalente ao nosso "bah")
"Ó você errada" - é, essa serve pra dizer que tu tá fazendo algo errado... mas achei divertida!
"Véio" ou "véi" - forma de chamar os amigos
"Porra" - a palavra mais usada pelos baianos... "longe pra porra", "um calor da porra", e muitas outras variações...
Gerúndios: baiano não fala o "d" nos gerúndios... então acontecem diálogos como: "Que cê ta fazeno?" "Eu to  durmino"
Artigos: não se usa artigo para nomes de pessoas... então eles falam "com Bárbara", vão no show "de Ivete", na casa "de Felipe", gostam "de Gerônimo", etc...
e a minha expressão preferida: "Aonde". Aonde aqui é advérbio de negação. Por exemplo, se me dizem: "Bárbara, cê é loira", posso responder "Aonde!"

...tem uma rua com um túnel de árvores que parece a da República, em Porto Alegre (o Corredor da Vitória), um bairro boêmio como a Cidade Baixa (Rio Vermelho), uma orla que me lembra a Rambla de Montevideo... e um pôr-do-sol que é quase tão lindo quanto o do Guaíba (o do Porto da Barra)!

Comentários(4)

4 Response to "Curiosidades de Salvador"

  1. Ana Kerwald, on fevereiro 15, 2011 said:

    muito legal essas infos do cotidiano!
    adorei!
    bjo

  2. Bárbara, on fevereiro 17, 2011 said:

    Obrigada, Ana!
    saudades, guria!!

    beijo

  3. Licia, on fevereiro 19, 2011 said:

    Barbara, no ES a gente também não usa artigo.
    Eu só reparei nisso quando um não capixaba falou, poucos anos atrás rsrsrsrs

  4. Monsieur M., on março 23, 2011 said:

    It must be amazing El Salvador... :)))
    Really interesting blog
    I'm a your new follower ;)
    Hope you follow me back
    M.
    http://monsieurmauro.blogspot.com