Rafting

Dizem os ticos que o Pacuare, um rio que nasce na cordilheira de Talamanca e percorre mais de 100km até o Mar do Caribe, está entre os 10 melhores do mundo para rafting. Não só pelas águas de corredeiras classes III e IV, mas também pelas belezas da paisagem!

(a paisagem)

Foi assim que decidimos fazer um passeio de aventura e descer as corredeiras do Pacuare... sim, rafting! :)

Pra quem não entende muito dos níveis de dificuldade do rafting, a explicação da wikipedia:

Nível III: Ondas pequenas, talvez uma pequena queda, mas sem perigo. Pode requerer habilidade de manobra significativa.

Nível IV: Ondas médias, presença de poucas pedras, com quedas consideráveis, manobras mais difíceis podem ser necessárias.

Esses foram os níveis que enfrentamos!

Fomos em um grupo de 25 pessoas, muitos trainees... garantia de muita diversão!

(o grupo)

O nosso bote (vão 6 pessoas por bote) - os "vikingos" - não caiu nenhuma vez, sobreviveu ileso a todas as ondas, quedas, pedras, e outros obstáculos do caminho, passou por algumas corredeiras de costas, nadou nas partes mais tranquilas do rio e ainda salvou gente de outros botes que caíram na água! Muy bien, vikingos!! :)

(os Vikingos... pura vida!)

Divirtam-se com as fotos...




Comentários(3)

3 Response to "Rafting"

  1. Glenda Dimuro, on setembro 19, 2010 said:

    Oi Bárbara! Te mandei um email sobre o BRZ, vc recebeu? Se não, me avisa que eu mando de novo! Abraço.

  2. Le, on setembro 20, 2010 said:

    Nossa, que fotos lindas!35 pais, que inveja! Parabens!

  3. Anônimo, on outubro 17, 2012 said:

    nunca fiz rafting, mas vou de viagem a costa rica e gostaria de descer este rio. acha aconselhavel para uma mulher de 50 anos? nao é muito perigoso?